fbpx

Dica de série boa da Netflix: Safe, com Michael C. Hall

Harlan Coben é um nome conhecido de quem gosta de best-sellers. No Brasil, vários de seus livros estão disponíveis, como Quebra de Confiança, com seu famoso personagem Myron Bolitar, e ainda Não Conte a Ninguém (que virou filme na França em 2001) e Nunca Fale com Estranhos. Há poucos anos, ele resolveu também se aventurar no mundo de filmes e séries como produtor e roteirista. É o caso por exemplo da série francesa Uma segunda Chance, na qual ele é produtor, criador e roteirista.  Agora, ele fez de novo, dessa vez em outra série, produzida em cima de um conteúdo inédito e original. Safe, foi feita na Inglaterra, e está disponível na Netflix.

Resultado de imagem para safe tv series

Tom Delaney é um cirurgião de renome que, depois de perder a mulher, tenta reorganizar a sua vida para oferecer o maior conforto às suas duas filhas, com quem mora num condomínio fechado na Inglaterra. A filha mais velha, Jenny,  entretanto, está meio distante do pai, e, numa noite, ela desaparece de casa. Além disso, logo a polícia local descobre que também houve um assassinato. Durante as investigações, a cada um dos oito episódios, se descobre que todos daquela comunidade tem algo a esconder, e podem estar envolvidos tanto com o desaparecimento de Jenny como com o assassinato.

Como expert em histórias policiais, é claro que Harlan Coben sabe manipular a audiência de maneira exemplar. São várias reviravoltas que acontecem a cada episódio, e obviamente, todo o mundo tem um segredo a esconder – parece cidade pequena americana (rs). Com isso, é claro, a série tem várias surpresas, especialmente a final , é claro, ao apontar quem cometeu o assassinato. Se você gosta desse tipo de história, com certeza vai se sentir envolvido.

Imagem relacionada

No papel principal,  está Michael C. Hall, conhecido no mundo inteiro como o serial killer Dexter. Ele parece pronto a explodir todo o momento como Tom, bem diferente da frieza de Dexter. Até desenvolveu um sotaque britânico. O resto do elenco não deverá ser muito conhecido para a maioria. Talvez alguns se lembrem de Amanda Abbington, que foi a Mary Watson em Sherlock. Ela é a detetive do caso e namorada de Tom. Mas, coitada, que peruca estranha arrumaram pra ela!

Imagem relacionada

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *