fbpx

As séries que se destacaram em 2017

Ao contrário da maioria, optei por não fazer uma lista das melhores séries de 2017, até porque elas são tantas que é impossível assistir a maioria delas. Minha escolha foi listar os meus momentos favoritos, as minhas preferidas entre aquelas que vi. E eles estão aqui, os meus destaques de séries do ano:

  • Já começo com a minha favorita de sempre: Game of Thrones. Não vi nada que se compare com o nível de produção da série. E em 2017, mesmo com um número menor de episódios, GOT foi novamente superlativa. O encontro de Daenerys e Jon Snow, a revelação de que ele é o verdadeiro herdeiro do trono de ferro, as batalhas no gelo e no deserto, a morte de Olenna Tyrell (a sempre maravilhosa Diana Rigg), e, é claro, o dragão de gelo e a queda da muralha. É a melhor coisa que vi na TV, disparado.

Resultado de imagem para game of thrones season 7Resultado de imagem para game of thrones season 7

  • Big Little Lies trouxe grandes estrelas para a TV – Reese Witherspoon, Nicole Kidman, Shailene Woodley, Laura Dern – numa história envolvente, com um desfecho brilhante para uma história de crime, onde a audiência não sabia quem tinha morrido e nem quem tinha matado até o último momento. Destaque também para o assustador (mas lindo) personagem de Alexander Skarsgard, premiado com o Emmy.

Imagem relacionada

  • Ryan Murphy desenvolveu mais uma série, baseada em grandes brigas da história. E a primeira temporada de Feud mostrou brilhantemente a história das divas do cinema Joan Crawford e Bette Davis, vividas por Susan Sarandon e Jessica Lange. Aliás, para mim, Jessica teve a melhor atuação entre todas que vi na TV este ano.

Imagem relacionada

  • O universo da DC Comics na TV pode ter suas “barriguinhas” aqui e ali, mas com certeza, os seus crossovers são sempre sensacionais. No início do ano, o musical com The Flash e Supergirl, (com os ex-Glee, Grant Gustin e Melissa Benoist) foi uma delícia, com belas músicas dos criadores de La La Land. E ano final do ano, teve Crisis on Earth X, com o crossover das quatro séries: além de The Flash e Supergirl, ainda Arrow e Legends of Tomorrow. Foi o máximo!

  • O mundo inteiro falou sobre 13 Reasons Why, sobre a forma como o suicídio entre adolescentes e o bullying foram mostrados. Impossível não se emocionar.

Resultado de imagem para 13 reasons why

  • No início do ano, quando Claire Underwood (Robin Wright) terminou a quinta temporada de House of Cards dizendo “Agora é minha vez” ninguém esperava que isso fosse tão literal. Com as acusações de assédio, Kevin Spacey foi demitido, e a sexta temporada será toda centrada em Claire. Como fã total de Robin Wright, mal posso esperar.

  • Por alguma dessas razões que a gente não entende, as três temporadas da premiada Fargo nunca haviam sido exibidas no Brasil. Isso foi arrumado agora no final do ano, quando as três chegaram juntas à Netflix. Uma boa sugestão de maratona!

Imagem relacionadaImagem relacionadaResultado de imagem para fargo season 3 poster ewan mcgregor

  • Dentro de sua loucura completa, Legion foi uma bem-sucedida experiência da Marvel na TV. O mesmo não pode ser dito de Inhumans, que foi saco de pancada da crítica com seu visual de ficção de quinta.

Resultado de imagem para legion seriesResultado de imagem para legion and inhumans

  • Várias séries de muitos anos terminaram deixaram seus fãs órfãos. Girls, Teen Wolf, Bates Motel, Grimm, Pretty Little Liars, The Vampire Diaries, The Strain (que o FX aqui vai exibir a última temporada somente em 2018), Orphan Black, Bloodline, Episodes, Bones, The Leftovers, e vários outros.

Resultado de imagem para pretty little liars vampire diaries

  • Grey’s Anatomy chegou ao seu episódio 300 tão recheado de lembranças que foi impossível não se emocionar. E a série continua a ser um sucesso, sendo a maior audiência da ABC, se reinventando sempre.Confesso que continuo a chorar com essa cena.

  • A segunda temporada de Stranger Things não foi tão boa como a primeira. Mas o episódio final, do baile, valeu por cada minuto da chatice do episódio da ida de Eleven (Millie Bobby Brown) para a cidade grande.

Resultado de imagem para stranger things prom

  • A oitava temporada de The Walking Dead começou bem fraquinha. Mas aí matou o tigre (nãããooo!) e Carl (Chandler Riggs). O que será que vem por aí? Algo para levantar os índices de audiência que não param de cair?

Resultado de imagem para twd the tiger and carl rip

  • E 2017 ainda viu a volta de Twin Peaks, agora na Netflix. 25 anos depois, o agente Dale Cooper (Kyle MacLachlan)ainda está por aí.

Resultado de imagem para dale cooper 2017

E aguarde, vem aí uma outra matéria sobre quais séries vai valer a pena esperar em 2018.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *