fbpx

E Roma ganhou de novo, dessa vez entre os Críticos de Los Angeles

Os Críticos de Los Angeles não tem tanto prestígio quanto os de Nova York, ou ainda o pessoal do National Board of Review. Mas de qualquer forma, também são um bom parâmetro para quem vai receber as indicações ao Oscar do ano.  No ano passado, eles premiaram Me Chame pelo seu Nome. E agora, enquanto o NBR preferiu Nasce uma estrela, os Críticos de Los Angeles  concordaram com os de Nova York, e votaram em Roma . Eles sempre anunciam também o chamado runner-up, ou seja, o segundo lugar. No caso do melhor filme, o runner up foi Em Chamas. Só lembrando que Roma estreia na Netflix no próximo dia 14.

Analisando os escolhidos

Ao que parece, Regina King será figura fácil no Oscar. Está levando todas até agora. Fico feliz! Eu a conheci pessoalmente e, além de ótima atriz, é gente boa! Ethan Hawke, com No Coração da Escuridão, está na mesma situação. Homem-Aranha no Aranhaverso é a melhor adaptação que vi do universo dos quadrinhos para o cinema. Ponto. Vale a pena conhecer quando estrear no início de janeiro nos cinemas.

Não vi Em Chamas, mas fico feliz por Steve Yeun, de quem sou fã por causa de The Walking Dead. Aliás, Em Chamas foi um dos grandes vencedores da noite. Além de ser o segundo colocado como melhor filme, também levou os prêmios de filme estrangeiro e diretora.

Entre as melhores atrizes tanto Olivia Colman como Toni Colette estão ótimas, mas eu até agora não vi ninguém mais impressionante do que Glenn Close em A Esposa. Infelizmente foi deixada em segundo plano novamente. De qualquer maneira, a sensação que fica, é que no final, os críticos de Los Angeles quiseram ser politicamente corretos. Todas as etnias estão presentes, entre os premiados. Latinos, Negros, Orientais, uma Mulher sendo eleita como melhor diretora, sem esquecer Pantera Negra.

Veja a lista dos vencedores abaixo:

Os Premiados dos Críticos de Los Angeles

Filme – Roma, seguido de  Em Chamas

Ator – Ethan Hawke – No Coração da Escuridão, seguido de Ben Foster – Não Deixe Rastros

Atriz – Olivia Colman – A Favorita, seguida de Toni Colette – Hereditário

Ator Coadjuvante – Steven Yeun – Em Chamas, seguido por Hugh Grant – Paddington 2

Atriz Coadjuvante – Regina King – Se a Rua Beale Falasse, seguida de Elizabeth Debicki – As Viúvas

Diretor – Debra Granik –Não Deixe Rastros, seguido de Alfonso Cuaron – Roma

Roteiro – Poderia me Perdoar, seguido de A Favorita

Animação – Homem-Aranha no Aranhaverso, seguido de Os Incríveis 2

Filme Estrangeiro – Em Chamas (Coréia)  e Assunto de Família (Japão) – empate

Documentário – Shirkers, seguido de Minding the Gap

Design de Produção – Pantera Negra, seguido de A Favorita

Fotografia – Roma, seguido por Se a Rua Beale Falasse

Montagem – Minding the Gap, seguido por Roma

Trilha Sonora – Se a Rua Beale Falasse, seguido por O Primeiro Homem

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *