fbpx

As controvérsias do SAG Awards 2019

Num ano em que não há super favoritos a prêmios (com exceção de Mahershala Ali, rs), as surpresas acontecem todo o tempo. E o SAG Awards, que teve lugar neste domingo não foi diferente. Mas, antes de entrar nisso (e provocar controvérsias, rs), é preciso ressaltar, que, apesar de ter aparecido pouco, Megan Mullaly se deu muito bem como a apresentadora da noite. Divertida, foi feliz em várias piadas, especialmente na introdução. Uma ótima aconteceu quando se referiu à indicada Emma Stone, dizendo que ela tinha acabado de completar 30 anos. “Nossas condolências, você teve uma carreira ótima”. Rsrs! Aliás , para quem nunca assistiu Will & Grace, Smitty (feito por Charles C. Stevenson Jr.) era o garçom que era um figura recorrente da série. Os fãs, com certeza, amaram esse reencontro no palco do SAG’s!

A homenagem de Tom Hanks a Alan Alda,  com a mão já visivelmente afetada pelo Mal de Parkinson, foi fofa. Seu discurso foi bonito e emocionante. Mas o que eu amei mesmo foi ver Glenn Close e Michael Douglas juntos no palco, 32 anos após Atração Fatal.

Sobre os vencedores de Cinema…

Alguns detalhes positivos. Mahersahla Ali e Glenn Close parecem já ser certezas para o Oscar desse ano. Fico feliz por Glenn, uma das melhores atrizes de sua geração (ao lado de Jessica Lange), e que vem se firmando como a grande favorita – finalmente – este ano.

Foto Shutterstock

Também gostei muito do reconhecimento ao trabalho de Emily Blunt em Um Lugar Silencioso. Ela, o marido e todo mundo pareciam muito surpresos com a premiação, já que, sem Regina King no páreo, Amy Adams era a favorita por Vice. Coitada da Amy, mais uma decepção! Mas qualquer uma das cinco que ganhasse nessa categoria, seria merecido. Só que o discurso de Emily foi uma delícia. Bem-humorado, com uma declaração de amor ao marido, e diretor, John Krasinski. “Você é um cineasta fantástico. Eu sou tão sortuda de estar com você e de ter feito esse filme com você. Obrigada por ter me dado esse papel! Você teria um grande problema se não tivesse feito isso.”

Foto Getty images

As controvérsias

Muita gente vem torcendo por Rami Malek desde o início da temporada. Sim, ele está muito bem. Mas não acho que esteja melhor que Christian Bale (Vice) ou Bradley Cooper (Nasce uma Estrela), os dois melhores do ano em minha opinião. Mas, com a vitória do Globo de Ouro, e aqui no SAG’s, Rami parece ser o novo favorito do Oscar. Curiosidade: você sabia que nos últimos 14 anos, o vencedor do SAG e do Oscar de melhor ator foi o mesmo 13 vezes? De qualquer maneira, vou continuar a torcer por Christian Bale e por Bradley Cooper.

Foto Shutterstock

Aliás, coitado do Bradley e de Nasce uma estrela. Quando a temporada de Premiações começou, eles eram os super-favoritos. É provável que acabe só como o filme da canção premiada – Shallow. Pena!

Foto Shutterstock

E Pantera Negra ganhando o prêmio de melhor elenco? Nessas premiações sempre me pergunto o quanto é levado em conta o aspecto social e o quanto é realmente analisada a melhor atuação. Pantera Negra ganhou porque tinha um elenco só de negros. Ninguém ali tem uma grande interpretação (bem, talvez Michael B. Jordan). Se era para escolher as melhores atuações, outros concorrentes eram bem superiores. Mas, é mais uma daquelas situações, onde um filme ok, com interpretações medianas, ganha o prêmio porque era politicamente correto premiá-lo. Pena! Mas essa é só a minha opinião técnica, tá?

Foto Shutterstock

A lista de cinema

Elenco – Pantera Negra

Ator  – Rami Malek, Bohemian Rhapsody

Atriz – Glenn Close, A Esposa

Ator Coadjuvante – Mahershala Ali, Green Book: O Guia

Foto Getty

Atriz Coadjuvante – Emily Blunt, Um Lugar Silencioso

Elenco de Dublês – Pantera Negra

Sobre os vencedores de TV

Entre as comédias, não teve para ninguém. The Marvelous Mrs. Maisel, disponível na Amazon Prime Vídeo, foi o grande vencedor da noite. Levou o maior número de estatuetas – três – , inclusive um surpreendente prêmio para Tony Shalhoub. Não que ele não seja ótimo, mas a disputa parecia estar dividida entre Michael Douglas e Bill Hader.  Até ele mesmo parecia chocado.

Foto Getty Images

Pelo segundo ano consecutivo,  This is Us levou o prêmio de elenco. Mas, dessa vez, Sterling K. Brow não foi o vencedor individual como melhor ator. Escolheram Jason Bateman. Não foi uma grande surpresa, entretanto. Mas o que definitivamente não surpreendeu nenhum dos presentes foi a vitória de Sandra Oh, como atriz de série de drama. Ela vem ganhando todas. Eu gostei bastante do discurso dela, homenageando outros atores como Alfre Woodward e Jamie Foxx, que lhe deram força em momentos diferente de sua carreira.

Foto Getty Images

Mais uma vez  Amy Adams ficou a ver navios na categoria atriz de série limitada. Enquanto no Critics Choice, ela e Patricia Arquette dividiram o prêmio, aqui a segunda repetiu o resultado do Globo de Ouro. Coitada da Amy! Já Darren Criss seguiu seu triunfo como o assassino de Gianni Versace. Levou o prêmio de ator de série limitada. Ele nem se surpreende mais!

Foto Shutterstock

A Lista de TV

Elenco de Série de Drama – This is Us

Foto Getty

Ator de Série de Drama – Jason Bateman, Ozark

Foto Shutterstock

Atriz de Série de Drama – Sandra Oh, Killing Eve

Elenco de Série de Comédia – The Marvelous Mrs. Maisel

Ator de Série de Comédia – Tony Shalhoub, The Marvelous Mrs. Maisel

Atriz de Série de Comédia – Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel

Foto Getty

Ator de Série Limitada – Darren Criss, American Crime Story: Versace

Atriz de Série Limitada – Patricia Arquette, Escape from Dannemora

Foto USA Today

Elenco de dublês – Glow

PS. – Mas, apesar de não ter ganhado nada, Chris Pine também estava lá. E a gente agradece. Rs!

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *