fbpx

A situação muito complicada de Liam Neeson

Esses atores não tomam jeito! Deveriam ser mais bem treinados para não falar bobagem. O último caso, que vem incendiando as redes sociais nos últimos dias, é o de Liam Neeson. Era de se esperar que um ator veterano como ele soubesse que determinadas coisas erradas feitas na juventude não podem ser reveladas. E agora, ele que sempre foi super popular, está correndo o risco até de ser apagado de um filme, como aconteceu com Kevin Spacey em Todo o Dinheiro do Mundo.

O que aconteceu?

Tudo começou com uma entrevista que o ator deu no programa Good Morning, America, para promover seu próximo filme, Vingança a Sangue-Frio (programado estrear por aqui semana que vem). Ele é baseado numa produção norueguesa,  que conta a história de um homem que sai em busca de vingança contra traficantes que acredita que mataram seu filho. Então, durante a entrevista, Liam começou a contar uma história  sua sobre o tema de desejo de vingança.

Resumindo, ele disse que uma amiga havia sido estuprada quando ele tinha seu vinte e poucos anos. Ele ficou obviamente revoltado e perguntou como era o cara que havia feito aquilo, a amiga respondeu que era um homem negro. ” Aquilo despertou em mim uma vontade de atacar. Eu andava para cima e para baixo com um bastão, esperando que fosse abordado por alguém – e estou envergonhado de dizer isso. Eu fiz isso por uma semana, esperando que um “negro f**********’ saísse de um bar para me dizer alguma coisa, sabe? Assim eu poderia matá-lo. Isso durou mais ou menos uma semana, uma semana e meia…”

Liam, durante a entrevista no GMA, com Robin Roberts

Liam então admitiu que foi procurar ajuda, inclusive com um padre. E terminou dizendo, “eu não sou racista – isso foi há mais de 40 anos… Eu cresci na Irlanda do Norte. Havia uma guerra acontecendo , e eu tinha conhecidos envolvidos… Eu cresci cercado por isso mas nunca fui parte disso.”

E agora?

Então… quanto mais se tenta consertar, pior a coisa fica. O estúdio que está lançando Vingança a Sangue-frio nos Estados Unidos acabou até cancelando o tapete vermelho para evitar mais situações problemáticas, e tentar salvar o filme. Acho pouco provável! As redes sociais estão iradas com a declaração do ator. E ontem (6), começou um movimento pedindo inclusive que Liam fosse digitalmente removido de seu próximo filme,  MIB: Homens de Preto –Internacional. Inclusive com a ameaça de boicote ao filme caso isso não seja feito.

Esse MIB, programado para estrear em julho,  é um novo olhar sobre a história – sem Will Smith e Tommy Lee Jones. Ou seja, o estúdio tem um óbvio desejo de começar uma nova franquia, agora com Chris Hemsworth e Tessa Thompson. Com isso, qualquer publicidade negativa é um problema. Sabe-se lá o que o estúdio poderá fazer.

O último filme de Liam exibido aqui no Brasil foi As Viúvas, onde ele fazia o marido de Viola Davis.

Existem 1 comentários

  1. Sinceramente, foi algo do passado, da juventude dele, ele mesmo reconhece e se arrependeu, pior vejo no Brasil atual, onde por conta de uns, muitos afloraram o seu racismo e preconceito.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *