fbpx

A história do assédio de Michael Weatherly com Eliza Dushku.

Quem assiste a série Bull deve se lembrar de uma participação  que Eliza Dushku fez na série. Para quem não se lembra dela, Eliza ficou conhecida do público após fazer participações em Buffy e Angel como Faith. Chegou também a estrelar sua própria série, a interessante Tru Calling.  Quanto a sua participação em Bull, havia sido combinado que ela estaria em três episódios em 2017. Depois, a intenção era que fosse adicionada ao elenco regular . Mas aí houve o problema. Segundo matéria publicada no New York Times, uma situação envolvendo um assédio do astro da série, Michael Weatherly acabou resultando em sua saída da série.

O que aconteceu?

A matéria diz que não muito depois de seu começo na série, Michael teria feito comentários sobre a aparência de Eliza. Além disso, teria sugerido um menage, e ainda fez uma piada sobre estupro na frente do outras pessoas do elenco e da equipe. Aparentemente, em um determinado momento, Eliza teria feito um gesto com três dedos. Em resposta, Michael teria feito um comentário envolvendo uma possível transa dela com ele e outro membro do elenco de Bull, segundo uma descrição obtida pelo New York Times. Em outro momento, segundo Eliza,  ele teria feito comentários sobre colocá- la sobre suas pernas  e fazê-la apanhar. Isso, além  de dizer que a levaria para sua “perua do estupro”, enquanto filmavam uma cena em uma van sem janelas.

Eliza teria então dito a ele que toda essa situação a estava fazendo ficar desconfortável. Mas, pouco tempo após o confronto dos dois, ela descobriu que seu personagem estava sendo retirado da história. Com isso, não faria mais parte do elenco regular. Esse final acabou fazendo com que ela recebesse 9.5 milhões de dólares como um cala-boca sobre toda a situação. O valor foi determinado a partir da quantia que ela receberia se trabalhasse em quatro possíveis temporadas da série. Inclusive assinou um documento onde se comprometia a não abrir a boca sobre o assunto.

A descoberta

Tudo isso foi descoberto e veio à tona porque a CBS, empresa que produz Bull, está fazendo uma grande investigação interna sobre o comportamento do ex-presidente Les Moonves. Ele é acusado de assediar sexualmente várias mulheres da empresa. Só que, além disso, os administradores da CBS também pediram que fossem investigados “problemas culturais em toda a CBS”.

Eliza se recusou a falar sobre o assunto com o Times. Mas Michael Weatherly respondeu ao pedido do jornal para um comentário sobre o assunto. “Durante o período em que gravamos nossa série, eu fiz algumas piadas brincando com algumas frases de nosso roteiro. Quando Eliza me disse que ela não estava confortável com meu linguajar e tentativa de humor, eu fiquei mortificado por tê-la ofendido. Imediatamente me desculpei. Depois de refletir sobre o assunto, eu percebi  que o que disse não era nem engraçado, nem apropriado, e sinto pelo problema que possa ter causado.”

Sou fã de Michael Weatherly desde o tempo de NCIS. E apesar de Bull não ter me conquistado, fiquei triste de saber essas notícia. Não só por seu comportamento pouco profissional. Mas também porque ele provavelmente foi quem pediu a cabeça de Eliza. E isso a fez perder o emprego. Muito triste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *