fbpx

Para rir com James Franco e O Artista do Desastre

James Franco é uma figura surreal. Faz o que quer com sua carreira, dirige, produz, roteiriza, mas sempre parece meio maluco. Isso até faz a gente esquecer que ele é um ótimo ator (quando quer!). Mas O Artista do Desastre, que estreia esta semana nos cinemas, é uma boa lembrança. Ele dirige e faz o papel principal de … um maluco que dirige e atua, Tommy Wiseau.

Imagem relacionada

É bem provável que você nunca tenha ouvido falar de Wiseau. Ele é uma figura estranhíssima, que gastou uma fortuna para dirigir um filme que, de tão ruim, acabou virando cult, chamado The Room (está disponível no YouTube). Um pouco da história dele está descrita em O Artista do Desastre, que é baseado em um livro de Greg Sesteros, amigo de Wiseau, que atuou também em The Room. O filme começa quando os dois se conhecem numa aula de teatro, e acabam rumando para Los Angeles para tentar a sorte no cinema. Como as coisas não estão dando muito certo, Wiseau resolve produzir um filme. De onde vem o dinheiro é uma pergunta que o filme não responde. E por isso mesmo, acaba virando uma piada interna.

Resultado de imagem para the disaster artist cameos
Sesteros e Wiseau com James e Dave Franco

A partir do início das filmagens, a coisa fica realmente incontrolável. Wiseau não consegue dominar sua mania de grandiosidade e de ser o centro do universo, o que inclusive provoca desentendimentos entre os dois amigos, e também dele com todas as pessoas que foram contratadas e simplesmente não acreditam no que veem.

No papel de Sesteros, o melhor amigo, James Franco colocou seu irmão, Dave Franco, e a mulher dele, a atriz Allison Brie, da série Glow, como a sua namorada. E ainda conseguiu um monte de gente famosa para fazer participações especiais. Seth Rogen, Bryan Cranston, Melanie Griffith, Sharon Stone, Zac Efron, Josh Hutcherson, Megan Mullaly, todos fazem pequenos papeis,  o que prova que Franco deve ser um cara legal.

Imagem relacionada

Mas será? Logo depois que James ganhou o Globo de Ouro como melhor ator de musical/comédia, várias acusações de assédio contra o ator vieram à tona, e o deixaram numa situação bem complicada. Reais ou não, o certo é que seu “desmentido” num programa de entrevistas não convenceu ninguém.

Imagem relacionada

Ou seja, acabou com as suas chances e com as do filme para conseguir uma indicação ao Oscar. Hoje, quando foi anunciada a lista dos concorrentes, O Artista do Desastre concorria apenas à roteiro adaptado.  Uma pena, porque o filme é ótimo, e a atuação dele é perfeita (muito melhor que a de Daniel Kaluuya, por exemplo, que entrou na lista). Para ilustrar, repare só no final do filme, quando são mostradas lado a lado as mesmas cenas de The Room, feitas por Wiseau e por James Franco. É para dar mais risada ainda!

Imagem relacionada

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *