O último capítulo de Maze Runner

Eu sou fã do dois primeiros filmes da série Maze Runner, Maze Runner: Correr ou Morrer (2014) e Maze Runner: Prova de Fogo (2015). Com isso, é claro que estava esperando muuuito o final da trilogia, que chega agora aos cinemas, Maze Runner: Cura Mortal. O filme estreia finalmente após um atraso de cerca de ano, devido a um acidente que o astro Dylan O’Brien teve durante as filmagens, e que pareceu bem sério por um momento. Felizmente, como se pôde perceber durante sua vinda ao Brasil para divulgar o filme na CCXP em dezembro passado, tudo ficou bem com o ator, sem sequelas.

Resultado de imagem para dylan o'brien maze runner the death cure

Sobre o filme, ele já começa com uma sequência de tirar o fôlego com a tentativa de  Thomas (Dylan) e seus companheiros de resgatar Minho (Ki Hong Lee), que acabou preso pela corporação Wicked.  Apesar de todos os esforços, o plano acaba dando errado, e eles tem que buscar Minho em outro lugar, uma cidade que ainda  sobrevive, longe das pessoas que se tornaram um tipo de zumbi. Só que para chegar até ele, vai necessitar de todo o conhecimento dos labirintos para chegar ao objetivo. Além, é claro, de todas as distrações possíveis, como a presença de Teresa (Kaya Scodelario).

O início, como já disse, é ótimo. O final, com direito a muita correria, fogo e destruição, também. Mas o meio  do filme poderia ser melhor editado. É longo demais – o filme tem um total de duas horas e 22 minutos – e há momentos em que realmente  é possível quase uma “pescada”. Poderia ter fluído muito melhor se tivesse menos tempo.

Imagem relacionada

Mas, de qualquer maneira, para quem esperou todo esse tempo para ver o final da história, o filme providencia um fechamento (ou talvez não, dependendo de como você interpreta o último close de Thomas).  Com boas cenas de ação, muita correria (é claro), aparições surpresa e alguns momentos realmente emocionantes. Várias pessoas saíram chorando da sessão para a imprensa, onde geralmente o povo é mais durão.

Resultado de imagem para maze runner the death cure

Ou seja, se você é fã, vai se sentir recompensado. não importa qual seja o problema do filme. Isso é o que realmente  importa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *