O Plano Imperfeito é mais uma comédia romântica fofa da Netflix!

A comédia romântica é um gênero que tem tido pouco sucesso em tempos recentes no cinema. Vai longe o tempo de Sintonia de Amor! Por exemplo, no ano passado não há um único filme entre as maiores 50 bilheterias. Isso porque quem gosta do gênero descobriu um novo lugar para assistir essa historinhas fofas e, na maioria das vezes, charmosas. A Netflix tem um monte delas disponíveis, e duas vem tendo um enorme sucesso no mundo inteiro. A primeira foi A Barraca do Beijo (a crítica está aqui) e outra é O Plano Imperfeito, que eu assisti na semana passada.

Resultado de imagem para the kissing booth and set it upResultado de imagem para the kissing booth and set it up

Na história, Harper (Zoey Deutch) e Charlie (Glen Powell) são dois assistentes executivos sobrecarregados e mal pagos,  vivem para servir um par de chefes durões (Lucy Liu e Taye Diggs) que os levam a um frenesi diário.
Reunindo-se por puro desespero, Harper e Charlie criam um plano para se tornarem casamenteiros secretos, tirando seus chefes das costas e atraindo-os para um falso romance. Mas o que começa como uma manobra brilhante rapidamente sai de controle quando percebem que as coisas não são tão simples quanto parecem.

É óbvio que esse roteiro deve ter sido escrito há muito tempo, já que hoje em dia esses dois chefes já teriam sido processados por assédio moral – ainda mais nos Estados Unidos – mas de qualquer forma, essa é uma comédia romântica, não um documentário, então tudo é desculpável. A verdade é que a forma como os dois jovens levam a história é muito divertida, com um roteiro ágil e brincalhão, especialmente os de Charlie. A estrutura do roteiro pode ser parecida com as de inúmeras outras, mas se isso é correto em parte, no final, se mostra bem diferente.

Resultado de imagem para set it up netflix

Nem tudo é perfeitinho, com uma fita cor de rosa. Tem o responsável pelos elevadores que é bem estranho (Tituss Burgess de Unbreakable Kimmy Schmidt); a melhor amiga que já dormiu com todo o mundo, mas que encontrou um cara que está louco por ela e não liga a mínima pra isso; Charlie divide o apartamento com um amigo gay, que vive levando caras pra casa – e tudo bem ! Ou seja, é um resumo de como o gênero evoluiu para refletir as formas de relacionamento entre as pessoas.

Resultado de imagem para set it up netflix titus burgess

Talvez por isso, o filme esteja sendo um grande sucesso. E ainda têm, é claro, os dois casais principais. Taye Diggs e Lucy Liu reprisam a parceria de Ally McBeal –  e são sempre lindos e ótimos. mas são os fofos  dos assistentes que realmente levam o filme. Glenn Powell é muito divertido, e tem charme – se você não se lembra, ele já esteve em Scream Queens e Estrelas Além do Tempo. Já Zoey Deutch – que é filha de Lea Thompson, de De Volta para o Futuro – é uma graça sempre. Depois do drama de Antes que eu vá, e a comédia rasgada de Tinha que ser ele?, ela aqui assume sua porção Meg Ryan, e brilha muito. A química entre os dois, que já trabalharam juntos em Jovens, Loucos e Rebeldes, é ótima! Gostei muito!!

Imagem relacionada

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *