fbpx

Essas fascinantes Quatro Irmãs do cinema

Essa semana todo mundo falou sobre o novo projeto de Greta Gerwig: uma nova versão do romance Little Women, que aqui no Brasil foi lançado com o título, hoje pejorativo, de Mulherzinhas, e que contava a história de quatro irmãs no século 19. Segundo o Variety, depois do sucesso de Lady Bird, Greta vai dirigir o filme, e Meryl Streep, Emma Stone, Saoirse Ronan e Timothée Chalamet  estariam em negociações para participar do filme. Apesar de não terem sido divulgados quais seriam os papéis de cada um, para mim é óbvio que Meryl seria Marmee, Emma faria Jo, Saoirse poderia ser Amy e Timothée seria um Laurel perfeito.

Resultado de imagem para little women meryl emma saoirse greta

Ao ler isso, você pode ver que sou fã da história. Sim, eu li o livro, e vi a maioria das versões para o cinema, com certeza todas as mais importantes. Então se você quer saber quem já fez e quem ainda vai fazer – sim esse ano , quando se comemora os 150 anos do lançamento do livro, já tem um outro filme chegando aos cinemas – dê uma olhada abaixo:

A primeira versão para o cinema  falado é de 1933 – isso mesmo, completa 85 anos – e tinha o título de As quatro irmãs. Há ainda outras duas,  que foram feitas durante o cinema mudo em 1917 e 1918. Mas esta aqui foi realmente a “primeira” mais famosa, sendo também a maior bilheteria do cinema americano daquele ano. Era estrelado por Katherine Hepburn (Jo), Joan Bennett (Amy), Jean Parker (Beth) e Frances Dee (Meg). Foi indicado ao Oscar de melhor filme e diretor (George Cukor), ganhando o de roteiro. Para mim, Katherine é a melhor Jo da história.

Resultado de imagem para little women katharine hepburn frances dee

A segunda, e que foi a que me fez gostar da história , é de 1947, e se chamou Quatro Destinos. Dessa vez,  June Allyson era Jo,  Janet Leigh era Meg, Elizabeth Taylor era Amy e Margaret O’Brien era Beth. Aliás , esta última sempre me fez chorar todas as vezes que vi o filme, inclusive nessa cena abaixo. Hoje, vendo com outros olhos, vejo que o filme tem um grande problema, que é June Allyson, que era velha demais para o papel, aos 31 anos, para fazer uma garota de 15, quando o filme começa. Esta versão concorreu ao Oscar de fotografia e venceu o de direção de arte.

A versão de 1994, chamada de Adoráveis Mulheres, e é talvez a mais lembrada hoje em dia. Nela Winona Ryder foi candidata ao Oscar por seu papel de Jo. No elenco estavam ainda Trini Alvarado como Meg, Kirsten Dunst como Amy, e Claire Danes, estreando no cinema, como Beth. Susan Sarandon era a mãe delas, Marmee,  e Christian Bale era Laurie. O filme também teve indicações ao Oscar de trilha sonora e figurino.

No ano passado, a BBC produziu uma minissérie de três episódios, que tinha no elenco Maya Hawke (filha de Ethan Hawke e Uma Thurman) como Jo, Kathryn Newton como Amy, Willa Fitzgerald como Meg, e Annes Elwy como Beth. Emily Watson era Marmee.

Little Women: Everything you need to know about the new BBC adaptation

E agora em 2018, será nos cinemas uma versão que traz as irmãs March para os dias atuais. Tem lançamento programado para setembro nos Estados Unidos, e traz Sarah Davenport como Jo, Melanie Stone como Meg, Allie Jennigs como Beth e Taylor Murphy como Amy. Lea Thompson será Marmee.

Little Women ainda foi tema de duas minisséries, uma de 1970, e outra mais conhecida de 1978, com Susan Dey como Jo, Meredith Baxter como Meg, Ann Dusenberry como Amy e Eve Plumb como Beth. Essa versão ainda chamou a atenção por trazer os veteranos Dorothy McGuire (Marmee),  Greer Garson (tia March) e Robert Young (Sr. Lawrence).

Resultado de imagem para little women 1978

Em 2015, o canal CW chegou a anunciar que ira transportar as irmãs March para um futuro distópico, onde as quatro teriam  que lutar pela sobrevivência na ruas. A ideia um tanto estapafúrdia acabou não indo para a frente, e o projeto acabou cancelado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *