fbpx

Dá pra levar uns sustos com A Possessão do Mal

Os filmes de terror são uma mina de ouro em Holywood. Baratíssimos, normalmente não têm atores muito conhecidos no elenco, eles são quase sempre certeza do retorno de bilheteria. Não é a toa que os  mais lucrativos dos últimos cinco anos são do gênero. Veja a lista:  http://www.blogdehollywood.com.br/cinema/os-terriveis-filmes-mais-lucrativos-dos-ultimos-cinco-anos/ . O mais recente deles estreou nos cinemas esta semana. A Possessão do Mal  conta a história de Michael King (Shane Johnson), que  não acredita nem em Deus nem no Diabo. Depois de perder sua esposa, Michael decide fazer um experimento consigo mesmo, registrando tudo em vídeo. Ele tem a intenção de comprovar que não existem espíritos e nem demônios. Só que para qualquer pessoa que já viu um filme de terror na vida, é fácil de saber  que essa história vai acabar mal, e forças malignas logo começarão a agir.

O filme segue a linha que se tornou tão popular recentemente de filmar como se fosse uma gravação caseira feita pelos próprios persosngens. Isso até proporciona alguns resultados interessantes, mas também pode ser bem cansativo. Não é o caso aqui. O diretor estreante David Jung até se sai bem. O início é bom e bem contado. Depois que  Michael é possuído, o filme decai um pouco como cinema, mas ainda tem uns bons sustos.

O ator Shane Johnson, de quem eu realmente não me lembro, apesar dele ter feito participações em praticamente todas as séries possíveis, se sai bem bem no personagem principal. Especialmente toda a a transformação de pessoa normal e pai amoroso até um louco totalmente tomado por um espírito assassino. Talvez a única cara conhecida seja a de Tomas Arana, que chegou até a participar de Gladiador , em 2002, como Quintus, e aqui faz o responsável por invocar o demônio.

No final, se você busca um filme de terror correto e que vai fazer você dar alguns pulos, A Possessão do Mal é uma boa opção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *